sábado, julho 02, 2011

prioridade não é opção.



Costumava ser crente e acreditar que quando me agarrasses com alma e eu te pedisse para me largares, não o farias, simplesmente me filavas ainda com mais exuberância. É pena que tudo não passa-se mesmo disso... de uma crença. Acabas-te por virar as costas quando sentis-te necessidade, deixando-me a acreditar mais uma vez que voltarias, em vez disso e num acto cobarde preferiste acomodar-te na tua zona de conforto, fugindo aos teus problemas e dizendo-me adeus. Não comando na tua vida, nem o quero fazer. Mas era bom que reconhecesses erros e estabelecesses metas e objectivos.
Os meu limites excederam, excederam ao ponto de me ter arrependido de qualquer sentimento que nutri por ti... percebi o quão o amor pode ser pérfido. Não era suposto ter um papel pujante e vigoroso? não tinha a obrigação de saber distinguir perfeição, mesmo sem ela existir?; aquilo que chamam de amor, sabe tudo e sabe nada e só pode ser chamado de tal quando é irracional.
O arrependimento mora cá dentro, mas o agradecimento também. Agradeço teres-me confiado e dado a conhecer a tua outra faceta, a tua textura, a tua seriedade... gratulo-te por me teres dado a conhecer todas as melodias que o coração pode escutar, por me teres ensinado a falar através do que sentimos. Agradeço-te acima de tudo, por me ensinares a amar e por me dares a conhecer o amor... foste tudo, mas agora, és pouco. Soubes-te cuidar do meu coração melhor do que ninguém... mesmo sem o saberes.


Da tua bailarina,

14 comentários:

  1. está mesmo bonito. continuas a escrever sempre muito bem.

    ResponderEliminar
  2. não tens de quê querida, beijinho

    ResponderEliminar
  3. Parece que o futuro já não é o que costumava ser. E, sinceramente, tenho pena! Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. se isso aconteceu é porque ele não te merecia.
    Escreves muito bem :)

    ResponderEliminar
  5. o que importa agora é seguir em frente e de cabeça erguida :)
    de nada querida!

    ResponderEliminar
  6. Adorei a frase: "Soubes-te cuidar do meu coração melhor do que ninguém... mesmo sem o saberes."
    *-*
    Estou a seguir o teu blog, se quiseres segue-me também:
    http://tellsomethingIdontknow.blogspot.com
    http://thebadgoodgirls.blogspot.com

    ResponderEliminar
  7. o que mais gosto é mesmo
    ", da tua bailarina"

    mas o amor é mesmo assim. e acredito que um dia todas as pessoas encontram alguém que não seja cobarde, que por uma vez não fuja e cumpra todas as promessas.

    ResponderEliminar
  8. de nada querida :b
    tens a certeza de que já seguis-te? (:

    ResponderEliminar
  9. Olá querida :)
    Como seguidora do teu blog, venho apenas dizer-te que me "mudei", agora podes me encontrar aqui: anamiguelb.blogspot.com

    Espero que sigas e que gostes, beijinhos grandes, Ana Miguel.

    ResponderEliminar
  10. Gostei muito do blogue e este post está muito bonito *

    ResponderEliminar
  11. Não precisas agradecer. Claro que gostei, qualquer um deve gostar e ser solidário com a tua dor.
    Amei o teu tumblr, mas não consegui deixar mensagem. Mas segui!!!

    ResponderEliminar